5 desvantagens do dropishipping

O dropishipping também tem desvantagens

Todos os benefícios que mencionamos tornam o dropshipping um modelo muito atraente para quem está começando com uma loja online ou para quem deseja expandir suas ofertas de produtos existentes. Mas, como todas as abordagens, o dropshipping também tem suas desvantagens. De um modo geral, a conveniência e a flexibilidade têm um preço. Aqui estão algumas deficiências a serem consideradas.

1. Margem de lucro baixa

As margens baixas são a maior desvantagem de operar em uma vertical de dropshipping altamente competitiva. Como é tão fácil começar e os custos indiretos são tão mínimos, muitas lojas concorrentes abrirão suas lojas e venderão itens a preços mínimos na tentativa de aumentar a receita. Como investiram tão pouco para iniciar o negócio, podem se dar ao luxo de operar com margens mínimas.

Normalmente, esses vendedores têm sites de baixa qualidade e atendimento ao cliente ruim (se houver), que você pode usar para diferenciar seu negócio. Mas isso não impedirá os clientes de comparar seus preços aos seus. Esse aumento na competição acirrada prejudicará rapidamente as margens de lucro potenciais em um nicho. Felizmente, você pode fazer muito para mitigar esse problema selecionando um nicho / vertical adequado para dropshipping. Discutiremos como fazer exatamente isso no Capítulo 4 .

2. Pode ter problemas com estoque

Se você estocar todos os seus próprios produtos, é relativamente simples controlar quais itens estão em estoque ou não. Mas quando você está comprando de vários depósitos, que também atendem pedidos para outros comerciantes, o estoque pode mudar diariamente. Felizmente, atualmente, existem vários aplicativos que permitem a sincronização com os fornecedores. Assim, os dropshippers podem “repassar” pedidos para um fornecedor com um ou dois cliques e devem ser capazes de ver em tempo real quanto estoque o fornecedor possui.

Oberlo também permite que os comerciantes tomem ações automatizadas quando o estoque de um fornecedor chega a zero. Por exemplo, quando um produto não está mais disponível, você pode cancelar a publicação do produto automaticamente ou mantê-lo publicado, mas definir automaticamente a quantidade como zero.

3. Demora no envio

Se você trabalha com vários fornecedores, como a maioria dos dropshippers, os produtos em sua loja online serão adquiridos por meio de vários dropshippers diferentes. Isso complica seus custos de envio.

Digamos que um cliente faça um pedido de três itens, todos disponíveis apenas em fornecedores diferentes. Você incorrerá em três despesas de envio separadas para enviar cada item ao cliente, mas provavelmente não é aconselhável repassar essa cobrança ao cliente. E mesmo quando faz sentido incluir essas cobranças, pode ser difícil automatizar esses cálculos.

4. Fornecedores ruins

Você já foi culpado por algo que não era sua culpa, mas teve que aceitar a responsabilidade pelo erro mesmo assim?

Mesmo os melhores fornecedores de dropshipping cometem erros no atendimento de pedidos – erros pelos quais você deve assumir a responsabilidade e pedir desculpas. E fornecedores medíocres e de baixa qualidade causarão frustração sem fim com itens perdidos, remessas mal feitas e embalagens de baixa qualidade, o que pode prejudicar a reputação da sua empresa.

5. Personalização da marca de terceiros

Ao contrário dos produtos feitos sob medida ou impressão sob demanda, o dropshipping não oferece muito controle sobre o produto em si. Normalmente, o produto enviado por dropshipping é projetado e com a marca do fornecedor.

Alguns fornecedores podem acomodar as mudanças de produto de sua empresa, mas mesmo assim, o fornecedor tem o maior controle sobre o próprio produto. Quaisquer alterações ou adições ao próprio produto geralmente exigem uma quantidade mínima de pedido para torná-lo viável e acessível para o fabricante.